Notas Fiscais de Serviços

 

1. Emissão de NFS-e para cliente PJ com retenção do tributo.

Agora, é possível emitir Nota Fiscal de Serviços, nos momentos em que o tomador (cliente) é uma Pessoa Jurídica e esta irá efetuar o pagamento do tributo. Siga estas opções:

 

Na guia Sistema -> Configurações Globais, acesse a opção Alterar Dados da Nota Fiscal

A. Marque a opção -> "Retenção do ISS"

 

B. Em seguida, você deve informar a inscrição estadual do tomador (somente nos casos de pessoa jurídica) e marcar a opção "Reter Impostos".

Guia Cadastros -> Pessoas

Obsservação: lembre-se que neste caso o tributo será pago pelo tomador (seu cliente).

2. Arredondamento de mais de 2 casas decimais padrão ABNT 5891.

Em alguns municípios, o método de arredondamento do valor ISS pode ser pelo método convencional (cálculo simples matemático) ou pela regra de arredondamento na numeração decimal (ABNT NBR 5891). Agora, se marcada esta opção, o F10 irá efetuar o arredondamento a partir deste método:

Guia Sistema -> Configurações Globais -> Alterar Dados da Nota Fiscal -> NFS-e.

 

3. Agora é possível também incluir mais informações como descritivo adicional do Item, de interesse do fisco e/ou do cliente final no corpo da NFS-e.

Guia Sistema -> Configurações Globais -> Alterar Dados da Nota Fiscal -> Outras Informações, preencha a descrição desejada no campo "Informações Complementares"

 
Exemplo da Informação Complementar no corpo das Notas:
  • NFS-e:

 

Notas Fiscal Eletrônica (Produto)

 

 

Agora é possível diferenciar o que é descrito nos campos "Natureza da Operação", "Descrição do Item do Produto" e "Informações Complementares".

 

1. Na guia Sistema -> Configurações Globais -> Alterar Dados da Nota Fiscal -> NF-e.

    A. Natureza da Operação: Informar a Natureza da Operação.

    B. Código GTIN (antigo EAN): preencha este campo somente se exigido pelo estado (é o código de         barras do produto).

    C. Descrição do Item do Produto: informe aqui a fraseologia.

2. Na guia Sistema -> Configurações Globais -> Alterar Dados da Nota Fiscal -> Outras Informações.

    A. Informações Complementares: Adiciona informações complementares de interesse do fisco e/ou do cliente final no campo da informações adicionais da NF-e.

    B. CNPJ autorizado a fazer download do XML: Informar o CNPJ da empresa, além da própria, que tem direito de fazer o download das notas fiscais direto do Sefaz (só se aplica as notas emitidas depois da configurações).

 

Exemplo da Informação Complementar no corpo das Notas:
  • NF-e: